Tuesday, July 17, 2007

Galileo-China-UE-EUA



"E.U.-China Partnership on the Galileo Satellite System" , José Carlos Matias no Power and Interest News Report - PINR, no Asia Times Online e no Japan Focus

2 comments:

Javier said...

Parece que se han echado sombras sobre el proyecto Galileo, y yo que pensaba que pronto no iba a tener que depender del GPS! Muy interesante artículo José, aunque sean malas noticias para unos...Bye :-)

José Carlos Matias (马天龙) said...

Javier,
gracias pelo comentário. O Galileo deverá ser "salvo" através do financiamento público. Certo é que a solução apresentada de início de "Public Private Partnership" falhou. Além disso, parece claro que não será a "galinha dos ovos de ouro" prometida em 2002-2003. A China, que particpa no esenvolvimento do Galileo, vai avançar com o Beidou-2 rapidamente e a Rússia apressou o Glonass que estava apenas parciamente opracional. Os EUA, entretanto, vão avançar com a nova geração de satélites GPS.
Teremos um multipolarismo no segmento de satélites de navegação e posicionamento. UE-EUA-China-Rússia...
Curiosamente e não por acaso isto corresponde ao novo desenho da Economia Política Internacional.