Friday, August 05, 2005

Macau Connection

Interessante este post de Paulo Gorjão. Macau guarda muitos segredos desses tempos, entre 1985 e 1999: histórias caricatas, negócios, obras públicas, diálogo de culturas, humidade e outros contos de "Fim de Império". É curioso verificar que quase, senão todos, os nomes referidos que fizeram parte do Governo e de altos cargos da Administração portuguesa em Macau (Carlos Melancia, Murteira Nabo, Jorge Coelho, Alberto Costa, António Vitorino, Eduardo Cabrita, Vitalino Canas, Carlos Monjardino, Maria de Belém Roseira, Alexandre Rosa, Carlos Santos Ferreira) transitaram em 1995 para o governo de António Guterres. Verdade seja dita, nos últimos 15 anos da presença portuguesa foram edificadas várias infraestruturas fundamentais para o desenolvimento da agora Região Administrativa Especial de Macau (RAEM), incluindo o Aeroporto Internacional de Macau. Mas, reconhecendo a utilidade desses empreendimentos, estas empreitadas terão sido, por vezes, envoltas nalgum nevoeiro (daquele que se faz sentir na altura do "capacete"). Uma vez que cheguei depois da transição apenas posso entreter-me a ouvir as inúmeras histórias. Algumas das quais com os políticos supra-referidos como protagonistas. São os "Contos de Embalar de Fim de Império". Um dia, sei que algumas pessoas quererão registar essa parte rica, literalmente, da História da presença portuguesa aqui. Mas não se pense que apenas estiveram por cá personagens ligadas ao Partido de Mário Soares. Aqui muitos outros serviram e serviram-se.

3 comments:

JSA said...
This comment has been removed by a blog administrator.
JSA said...

JSA said...
rapaz, vê lá se aprendes a fazer o link directo para os posts. Se não souberes pergunta que eu explico-te. Isto de fazeres apenas para o blogue é chato, porque depois precisamos de andar à procura daquilo a que te referes

Ma Tin Long said...

Já está. Foi azelhice minha.