Thursday, January 05, 2006

Recursos energéticos na Ásia Central: EUA-China

Enquanto na Europa se discutem a implicações do conflito energético russo-ucraniano acerca do transporte e fornecimento de gás natural, na Ásia Central as reservas do Mar Cáspio são alvo de forte competição entre a China e os Estados Unidos. Ao passo que os EUA inauguraram o oleoduto Baku-Tbilisi-Ceyhan, Pequim apostou no oleoduto que vem do Cazaquistão até ao Nordeste chinês.
O Asia Times publica este artigo bastante interessante sobre o "grande xadrez energético" na Ásia Central.
Para mais desenvolvimentos sobre este assunto, ler

Amineh, Mehdi Parvizi, Howeling, Henk (2003a) “The Geopolitics of Power Projection in US Foreign Policy: From Colonization to Globalization”, Perspectives on Global Development and Technology, 15 September 2003, vol. 2, no. 3-4, pp. 339-389(51) Brill Academic Publishers.

Sínico tem estado a publicar uma série de textos sobre as políticas da UE e da China para a Ásia Central.

2 comments:

PG said...

Caro José Carlos,
O link actualizado do artigo do hansen:

http://www.clingendael.nl/publications/2003/20030400_ciep_paper_hansen.pdf#search='sander%20hansen%20pipeline%20politics'

Ma Tin Long said...

já está corrigido. Obrigado Paulo.