Monday, January 08, 2007

Ségo, l'étoile de Pékin

Photobucket - Video and Image Hosting
Pequim, 8 de Janeiro de 2008 - A presidente francesa Ségolene Royal está de visita à República Popular da China. Nove meses depois de ter derrotado o candidato da direita, Nicolas Sarkozy, Royal salientou a importância dos laços entre Paris e Pequim e deixou os votos de todo o sucesso para o grande evento que vai ser realizado este ano na capital chinesa: Os Jogos Olímpicos.
Há exactamente um ano, quando era apenas candidata socialista ao Eliseu, Ségolene Royal já tinha demonstrado toda a cordialidade e sintonia com Pequim, numa visita retratada pela imprensa mundial:

"French party 'can help boost ties', China Daily.
"Royal: China Must Respect Human Rights", Times Daily.

3 comments:

Eastend Gangster said...

Diz a Wikipedia, a proposito desta senhora, na seccao relativa a accoes politicas:

"Royal has been widely criticised for being stronger on rhetorics than policies, and being part of a trend in French politics to focus on the personality and lifestyles of politicians rather than their ideas."

Aqui está a nova cara da esquerda para conquistar voce!

Daniel said...

Pouco conheço de Royal...mas essa definição, presente na wikipédia pareceu-me muito semelhante à ideia que tenho de Sarkozy.

...

Vitório Rosário Cardoso said...

Em termos de realpolitik, deseja-se o pior para os outros,ou seja, a Segolene a ganhar, que quase de certeza que intromissões francesas em África serão refreadas, bem como o ataque ao espaço Lusófono.
A tradição retórica da esquerda e dos Direitos, talvez leve a França a decretar embargos de venda de armas aos Estados que assim o decidir...
Para rematar, que a Segolene leve a França à ruína, que muitos agradecem.